“Não é de deus”… e que diferença faz?

“Não é de deus”… e que diferença faz?

Foi divulgado hoje um curta-metragem piloto que fala sobre discriminação racial e de identidade de gênero. Ele faz parte de uma campanha do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, intitulada “Que Diferença Faz“, que tem como objetivo mobilizar a sociedade contra a discriminação, estimulando respeito às diferenças.

Lançada oficialmente no dia 31 de agosto, a iniciativa promove até o final do ano ações de formação para a prevenção à discriminação em locais de entretenimento, estabelecimentos comerciais, casas noturnas, bares e restaurantes, ginásios, estádios e grandes eventos. Há, ainda, parcerias previstas com setores relacionados à área de segurança pública, comércio, serviços e indústria e ao próprio sistema de justiça, com a finalidade de aprimorar o atendimento e a relação com o público.

cartaz-campanha-mpmgA campanha tem caráter preventivo, provocador e sensibilizador, e pretende promover o direito à diversidade em todas as suas formas, com maior ênfase para aquelas baseadas em etnia, gênero e orientação sexual, situação socioeconômica, crença religiosa e deficiências físicas ou psicológicas.

Quem assina a criação é a Pimenta Filmes, e o primeiro filme conta com Ed Marte ao lado de Ronald Nascimento, da Laerte Coutinho e do Lucas Gregorio. A direção é de Alexandre Pimenta Marques, com fotografia de Beatriz Goulart e trilha da Daniela Rennó.

Lá no canal você ainda encontra outros vídeos a série: é só clicar aqui 😉

Conheça mais sobre a campanha nos canais oficiais:
facebook.com/qdf.quediferencafaz
twitter.com/quediferencafaz