Wentworth Miller, estrela de “Prison Break”, se declara GAY e recusa convite para estréia de Festival Internacional de Cinema Russo

Wentworth_miller

O ator Wentworth Miller, de Prison Break, se assumiu GAY em uma carta enviada quarta-feira para o Festival de Cinema Internacional de São Petersburgo, declinando a sua participação. Na carta ele escreve:

Estou profundamente preocupado com a atitude atual direção e tratamento de homens e mulheres homossexuais por parte do governo russo

A situação não é aceitável sob nenhuma circunstância, e eu não posso em sã consciência participar de um evento comemorativo organizado por um país onde as pessoas como eu estão sendo negados sistematicamente seu direito básico de viver e amar abertamente.

Talvez, se e quando as circunstâncias melhorarem, eu estarei livre para fazer uma escolha diferente.

O porta-voz da GLAAD (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation, ou em tradução livre a Liga Contra Difamação Gay e Lésbica), Wilson Cruz, emitiu em um comunicado sua opinião, e diz que “o ato ousado de Wentworth de apoio envia uma mensagem poderosa para a comunidade LGBT russa, que está enfrentando extrema violência e perseguição: você não está sozinho. (…) Mais celebridades e empresas deveriam seguir sua corajosa atitude em condenar abertamente a lei anti-LGBT da Rússia “.

Ou seja, não basta ser bonito, rico e famoso: tem que ser coerente e inteligente.

Veja abaixo a carta original:

Wentworth_miller_letter

Fonte: Buzzfeed (adaptado)