Microconto: “O Emprego Perfeito”

Microconto: “O Emprego Perfeito”

empregoMaurício trabalhava muito, com amor e afinco. Mas seus colegas na empresa nem tanto: um rápido passeio até a máquina de café era capaz de revelar que, ao invés de planilhas, as telas dos computadores mostravam redes sociais, vídeos, reportagens sensacionalistas e imagens de gatinhos.

Eles se vangloriavam da rotina. Achavam divertido a empresa paga-los por estes longos momentos de entretenimento. Maurício, por outro lado, ficava incomodado com a situação, e começou a enxergar que seu crescimento profissional – que o mantinha competitivo no mercado de trabalho – começava a mostrar sinais de desgaste. Ele estava, sem querer, ficando para trás.

Cansado, Maurício resolveu sair. Hoje ele trabalha por conta própria, em uma empresa que ele mesmo criou com suas economias e visão empreendedora. Seus colegas continuam na empresa anterior, felizes com suas rotinas tranquilas.

Eles ainda não sabem, mas amanhã a empresa vai falir e seus direitos trabalhistas terão que ser cobrados judicialmente, em um processo que deve demorar alguns anos para ser concluído.

Maurício não oferecerá emprego a nenhum deles.