Luíza no Canadá, BBB12 e outros temas estúpidos – ou não

Luíza no Canadá, BBB12 e outros temas estúpidos – ou não

De uns tempos para cá tenho visto diversos tópicos aleatórios que ganham proporções gigantescas em todo o Brasil. E o mais engraçado é que estes assuntos não levam a nenhuma discussão psicosociobundatória. Então por que ganham tanto destaque?

Como disse Carlos Nascimento, já fomos sim mais inteligentes. Mas acima disso, já fomos muito mais desgraçados pela vida. Reflita: somos a 6a maior economia do mundo. Não tá fácil pra ninguém, principalmente para quem não é herdeiro de fortunas, mas estamos aparentemente vivendo melhor. Quem viveu antes do plano real, sabe do que eu estou falando.

Tanto isso é verdade, que mais e mais os antigos “detentores” da internet, da moral e dos bons costumes bradam seus discursos sobre a “maldita inclusão digital” e a “volta pro orkut”. Sim, a internet está disponível para cada vez mais pessoas, temos menos miseráveis, temos uma nova e gigante classe C e dispomos de uma grande facilidade de pagamento para eletrônicos. Bem vindos ao Brasil.

Neste cenário desponta o humor, um dos principais conteúdos da internet hoje. E, consequentemente, vemos um aumento de assuntos que NÃO levam a reflexões profundas. Enfim, a internet se fortalece como um grande espaço de lazer e entretenimento, e traz em si um momento novo para a história dos brasileiros: o de conseguir rir ao final de um dia de trabalho.

Sim, já fomos mais inteligentes, porque já fomos mais desgraçados e restritos. Não importa se é o BBB ou a Luísa, que está no Canadá, mas que já voltou pro Brasil. O que importa é que hoje a internet não é mais elitista nem inteligente demais. A burrice e a estupidez também fazem parte do ser humano e merecem seu lugar neste espaço em que ainda nos resta a liberdade de expressão, por tantos anos reprimida.

Então juntem-se a mim: um brinde à liberdade de expressão e ao humor sem segundas intensões!