“Qualquer maneira de amor vale amar, qualquer maneira de amor vale a pena”

“Qualquer maneira de amor vale amar, qualquer maneira de amor vale a pena”

Dia dos Namorados: acho esse o dia mais querido do ano!

Não me importo se é uma data estimulada pelo comércio: entendo que o povo precisa vender e produzir. Mas prefiro pensar – acima de tudo – na lenda do bispo romano Valentim, condenado à morte por continuar celebrando casamentos apesar da proibição do Imperador. Ou nas Lupercais, que homenageavam deuses que me são muito simpáticos.

É um dia que nos estimula a dedicar um olhar mais cuidadoso e uma atenção mais planejada às pessoas que escolhemos participar de nossas vidas com mais intensidade. A maioria das pessoas que compartilham mais intimamente nossas vidas não são escolhidas. Nossos companheiros românticos são, e isso merece muita comemoração!

.

O texto acima foi postado pela minha querida amiga Marilda Andrade, lá no Facebook. Achei as palavras tão verdadeiras, e tão atemporais, que elas mereciam mais do que alguns minutos de timeline. Por isso pedi para compartilhar aqui, onde ficará guardado e acessível para sempre!

.

Em tempos de discussão do que pode ser considerado amor, liberte-se das amarras: ame intensamente, e sem olhar a “quem”. O mundo precisa de mais coisas boas, e as pessoas precisam ter menos problemas.

Feliz Dia dos Namorados <3