Cientistas utilizam vírus HIV para curar menina do Câncer (e mais: afinal, o que é AIDS?)

emma_cancer_interna

A História de Emma e a cura de sua Leucemia ganhou a Internet nos últimos dias. Basicamente o que foi feito foi um experimento: cientistas pegaram o vírus HIV e o modificaram, para que ao invés de destruir células saudáveis ele se ‘alimentasse’ das células cancerígenas.

Após quase morrer e passar por um período muito mal, a menina Emma começou a se recuperar e- pasmem – venceu o seu câncer. Confira o vídeo original abaixo:

Agora que vocês puderam se emocionar, me ajudem a arrumar um pequeno desvio dessa história, que tem se espalhado rapidamente – e tinha que ser na adaptação desta história por brasileiros.

vírus da imunodeficiência humana (VIH), também conhecido por HIV (sigla em inglês para human immunodeficiency virus), é o responsável pela SIDA (conhecida no Brasil também por sua sigla em inglês, AIDS), que significa síndrome da imunodeficiência adquirida.

Alguns sites estão veiculando a história de Emma sem se importar muito com esta explicação. Então vamos a uma pequena e respeitosa aula:

Pessoas que foram infectadas pelo HIV não necessariamente tem AIDS.

Entretanto todas as pessoas que têm AIDS são infectadas pelo vírus HIV.

O HIV é um vírus que pode levar ao desenvolvimento da AIDS, que ocorre quando o sistema imune fica comprometido pela ação do vírus. Alguns tipos de doenças oportunistas do HIV podem estar presentes em uma pessoa que possa ser diagnosticada como tendo AIDS. Porém, uma pessoa pode estar infectada por anos sem ter desenvolvido a AIDS. Alguém que seja HIV positivo pode não ter AIDS.

No caso específico de Emma, o vírus utilizado era modificado. Tanto que a menina, após o tratamento, realizou alguns testes e ela não é HIV+. O vírus utilizado, portanto, de forma alguma poderia levar ao desenvolvimento da AIDS.

Por isso:

A menina Emma está livre de seu câncer por causa da utilização de VÍRUS HIV (modificados).

emma

Vida longa para você, sua lindinha <3